Amor, Comunhão, Vida

Um inocente morreu de braços abertos…

Quando tudo estiver passado não vamos esquecer o que passamos juntos o que sofremos e o que choramos
porque uma coisa que mais senti nesse isolamento foi a falta de um abraço, passamos tão rápido por esse mundo
e não damos conta do que de mais temos de valor, as pessoas, o amor de nossas famílias, o amor de nossos amigos
no abraço expressamos sem palavras o quanto me importo com você, o quanto você é importante para mim.
Portanto iremos sair mais fortes e mais sensíveis com a dor do próximo, lembre-se que um dia um inocente
morreu de braços abertos para que eu e você possamos viver sem o peso do pecado. O segundo mandamento
“amar o próximo como a ti mesmo” JESUS TE AMA.

ensino, felicidade

O VELHINHO

11341484_BTKmD

Um dia estava entrando em uma pequena bomboniere, onde se vendiam doces e doces…

Quando comprei um doce e fui pagá-la encontrei um velhinho no caixa, com sua voz cansativa, uns 80 anos mais ou menos…

Foi quando começamos a conversar de vida, vida, vida… ele me fez 3 perguntas que ficaram em minha mente…

      Primeira: Qual é o momento mais feliz da sua vida?

      Segunda: Quem é a pessoa ou as pessoas mais importantes da sua vida?

     Terceira: E o que você tem a fazer para elas naquele momento?

Passou uma semana e eu fiquei com essas 3 perguntas na minha cabeça, foi quando resolvi voltar a bomboniere para decifrar as respostas…

Quando voltei, tinha um bilhete, me disseram que o senhor tinha partido, mas tinha me deixado um bilhete… …com o coração apertado o abri e tive uma surpresa ao lê-lo!!!

Tinham as 3 respostas…
As minhas lagrimas começaram a correr pelo meu rosto… então li que

O momento mais importante de nossas vidas é o AGORA!

A pessoa ou as pessoas mais importantes da nossa vida é aquela ou aquelas que estão vivendo o momento com você!

     – E o que você tem que fazer a ela ou elas? Somente… FAZÊ-LAS FELIZES!

felicidade, lição de vida, Mensagem, Orientação

Lei do caminhão de lixo

Um dia peguei um táxi para o aeroporto.
Estávamos na faixa certa quando um carro preto saiu de repente
do estacionamento direto na nossa frente.
O taxista pisou no freio bruscamente, deslizou e escapou de bater em
outro carro, foi mesmo por um triz!
O motorista desse outro carro sacudiu a cabeça e começou a gritar para
nós nervosamente.
Mas o taxista apenas sorriu e acenou para o cara, fazendo um sinal de
positivo. E ele o fez de maneira bastante amigável.
Indignado lhe perguntei: ‘Porque você fez isto? Este cara quase
arruína o seu carro, a nós e quase nos manda para o hospital?!?!’
Foi quando o motorista do táxi me ensinou o que eu agora chamo de “A
Lei do Caminhão de Lixo.”
Ele explicou que muitas pessoas são como caminhões de lixo.
Andam por aí carregadas de lixo, cheias de frustrações, de raiva,
traumas e desapontamento.
À medida que suas pilhas de lixo crescem, elas precisam de um lugar
para descarregar e às vezes descarregam sobre a gente.
Nunca tome isso como pessoal. Isto não é problema seu! É dele!
Apenas sorria, acene, deseje-lhes sempre o bem, e vá em frente.
Não pegue o lixo de tais pessoas e nem o espalhe sobre outras pessoas
no trabalho, EM CASA, ou nas ruas.
Fique tranquilo… respire E DEIXE O LIXEIRO PASSAR.
O princípio disso é que pessoas felizes não deixam os caminhões de
lixo estragar o seu dia.
A vida é muito curta, não leve lixo com você!
Limpe os sentimentos ruins, aborrecimentos do trabalho, picuinhas
pessoais, ódio e frustrações.
Ame as pessoas que te tratam bem. E trate bem as que não o fazem.
A vida é dez por cento do que você faz dela e noventa por cento da
maneira como você a recebe!
lembre-se:

LIVRE-SE DOS LIXOS!