Como a educação evoluiu

Antigamente se ensinava e cobrava tabuada, caligrafia, redação, datilografia... Havia aulas de Educação Física, Moral e Cívica, Práticas Agrícolas, Práticas Industriais e cantava-se o Hino Nacional, hasteando a Bandeira Nacional antes de iniciar as aulas.. Leiam o relato de uma Professora de Matemática: Semana passada, comprei um produto que custou R$ 15,80. Dei à balconista …

Continue lendo Como a educação evoluiu

Um erro proposital

Uma professora botou no quadro: Só que ai não faltou piadas porque ela tinha errado o 9 x 6 = 53... Todo mundo rindo da cara dela, ela esperou todo mundo se calar, ai falou: É assim que você é visto no mundo errei de propósito pra mostrar a vocês como o mundo é, NINGUÉM  …

Continue lendo Um erro proposital

As marcas de batom no banheiro

Numa escola pública em Santa Maria DF estava ocorrendo uma situação inusitada: meninas de 15,16,17 anos que usavam batom, todos os dias beijavam o espelho para remover o excesso de batom. O diretor andava bastante aborrecido, porque o zelador tinha um trabalho enorme para limpar o espelho ao final do dia. Mas, como sempre, na …

Continue lendo As marcas de batom no banheiro

A Diferença entre as Nações Pobres e Ricas não é a Idade da Nação

Recebi este texto muito coerente. Nos impõe a responsabilidade de pensar um pouco mais sobre nossas ações, especialmente num ano de escolhas para nosso Pais. Leitura recomendável. Ademar Seccatto A Diferença entre as Nações Pobres e Ricas não é a Idade da Nação. Isto pode ser demonstrado por países como Índia e Egito, que têm …

Continue lendo A Diferença entre as Nações Pobres e Ricas não é a Idade da Nação

Carta aberta à dona Regina

Se você não conhece Dona Regina assista ao vídeo (menos de 3 min), e depois leia a carta aberta à Dona Regina escrita pelo escritor e jornalista Luciano Trigo, o tema é a polêmica em museus no RJ, SP e RS.       https://www.youtube.com/watch?v=hdLP0ucHpZE     Não sei como chegou até a senhora a …

Continue lendo Carta aberta à dona Regina

Quero voltar a ser feliz (Reflexões)

Fui criado com princípios morais comuns. Quando criança, ladrões tinham a aparência de ladrões e nossa única preocupação em relação à segurança era a de que os “lanterninhas” dos cinemas nos expulsassem devido às batidas com os pés no chão quando uma determinada música era tocada no início dos filmes, nas matinês de domingo. Mães, …

Continue lendo Quero voltar a ser feliz (Reflexões)

MOÇA, A SENHORA É RICA?

Era inverno e elas entraram às pressas pela porta dos fundos – duas crianças em casacos surrados e pequenos para o seu tamanho. "A senhora tem aí uns jornais velhos?" Eu estava ocupada. Queria dizer não, mas olhei para os seus pés e vi que usavam sandálias abertas, cheias de gelo. "Entrem, que eu faço …

Continue lendo MOÇA, A SENHORA É RICA?