As marcas de batom no banheiro

Numa escola pública em Santa Maria DF estava ocorrendo uma situação inusitada: meninas de 15,16,17 anos que usavam batom, todos os dias beijavam o espelho para remover o excesso de batom. O diretor andava bastante aborrecido, porque o zelador tinha um trabalho enorme para limpar o espelho ao final do dia. Mas, como sempre, na … Continue lendo As marcas de batom no banheiro

A Diferença entre as Nações Pobres e Ricas não é a Idade da Nação

Recebi este texto muito coerente. Nos impõe a responsabilidade de pensar um pouco mais sobre nossas ações, especialmente num ano de escolhas para nosso Pais. Leitura recomendável. Ademar Seccatto A Diferença entre as Nações Pobres e Ricas não é a Idade da Nação. Isto pode ser demonstrado por países como Índia e Egito, que têm … Continue lendo A Diferença entre as Nações Pobres e Ricas não é a Idade da Nação

Carta aberta à dona Regina

Se você não conhece Dona Regina assista ao vídeo (menos de 3 min), e depois leia a carta aberta à Dona Regina escrita pelo escritor e jornalista Luciano Trigo, o tema é a polêmica em museus no RJ, SP e RS.       https://www.youtube.com/watch?v=hdLP0ucHpZE     Não sei como chegou até a senhora a … Continue lendo Carta aberta à dona Regina

Quero voltar a ser feliz (Reflexões)

Fui criado com princípios morais comuns. Quando criança, ladrões tinham a aparência de ladrões e nossa única preocupação em relação à segurança era a de que os “lanterninhas” dos cinemas nos expulsassem devido às batidas com os pés no chão quando uma determinada música era tocada no início dos filmes, nas matinês de domingo. Mães, … Continue lendo Quero voltar a ser feliz (Reflexões)

MOÇA, A SENHORA É RICA?

Era inverno e elas entraram às pressas pela porta dos fundos – duas crianças em casacos surrados e pequenos para o seu tamanho. "A senhora tem aí uns jornais velhos?" Eu estava ocupada. Queria dizer não, mas olhei para os seus pés e vi que usavam sandálias abertas, cheias de gelo. "Entrem, que eu faço … Continue lendo MOÇA, A SENHORA É RICA?

O RELÓGIO

O colégio onde eu estudava, costumava joga bola com os amigos mas nunca tinha sido chamado para jogar no time do colégio Quando fiz onze anos avisaram-me que, finalmente, seria chamado pra joga no time. Fiquei felicíssimo, mas esse estado de espírito durou pouco: fiquei no time mas no banco de reservas. Minha decepção foi imensa. Voltei … Continue lendo O RELÓGIO

NANA NENEM

Eu, um brasileiro morando nos Estados Unidos da América, para ajudar no orçamento estou fazendo “bico” de babá… Ao cuidar de uma das meninas uma vez cantei “Boi da cara preta” para ela, antes dela dormir. Ela adorou e essa passou a ser a música que ela sempre pede para eu cantar ao colocá-la para … Continue lendo NANA NENEM