engano, ensino, felicidade

Mocidade, maturidade e velhice


Há uma lenda em que um sábio oferece à venda um livro dividido em três volumes de oráculos, ao rei de Roma.
O preço dos três volumes era tão alto que o rei se recusou a pagá-lo. Na presença dele o sábio queimou um dos livros.
Anos depois, o rei mandou chamar o sábio e perguntou o preço dos dois volumes que sobraram, descobriu espantado que o preço dos mesmos equivalia ao preço dos três.
Tendo novamente recusado o preço, queimou o sábio o segundo volume. Mais tarde, achando que o preço do volume que sobrou seria menor que os dos outros dois, ficou surpreendido ao saber que correspondia ao preço dos três volumes. Ficou sabendo, então que os três volumes tinha muito a ver com mocidade, maturidade e velhice.
Os homens são dispostos a pensar que o preço da felicidade é demasiado alto. Na mocidade não pagam o preço de uma vida com Deus, e assim 1/3 da sua vida vai embora.
Para a maturidade o mesmo preço é pedido, isto é, a renuncia, a negação do seu eu, a visão da eternidade e o objetivo final. Recusado isso, só resta então a velhice. Aqui a renúncia torna-se mais difícil e parece mais dura, por causa de hábitos fixos e arraigados.

Se o preço fosse pago no começo, ficar-se-ia com os três volumes e a felicidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s