Amizade, Amor, Deus

As pedras grandes na vida

pedras

Um professor de filosofia, especialista em “gestão do tempo”, quis surpreender seus alunos durante uma aula. Tirou de baixo de sua mesa um recipiente grande de boca larga. Colocou-o sobre a mesa ao lado de uma pilha de pedras do tamanho de um punho e perguntou:

– Quantas pedras vocês acham que cabe neste recipiente?

Após algumas conjeturas dos presentes, o professor começou a colocar as pedras até encher o recipiente. Então perguntou:

– Está cheio?

Todos olharam para o recipiente e disseram que sim.

Em seguida, ele tirou um saco de pedrinhas bem pequenas de baixo da mesa. Colocou parte delas dentro do recipiente e agitou-o. As pedrinhas se infiltraram nos espaços entre as pedras grandes.

O professor novamente perguntou:

– Está cheio?

Alguns alunos retrucaram, mas todos concordaram que sim.

– Muito bem, exclamou o professor, pousando sobre a mesa um saco de areia, que começou a despejar dentro do recipiente. A areia infiltrava-se nos pequenos buracos deixados pelas pedras e pedrinhas. Está cheio? , perguntou de novo.

Dessa vez, alguns alunos duvidaram:

– Talvez não…

Pegou então um jarro e começou a derramar água dentro do recipiente, que a água absorvia sem transbordar. Então ele deu por encerrada a experiência e retrucou:

– Agora sim, está cheio. Bem, o que podemos aprender com esta demonstração?

Um aluno levantou e disse:

– Professor, talvez o senhor queira dizer que não importa o quanto cheia esteja a nossa agenda. Se quisermos, sempre conseguiremos fazer com que caibam outros compromissos e diversões.

– Na verdade, não é bem isso. O que esta lição nos ensina é que, se não colocarmos as pedras grandes primeiro, nunca seremos capazes de colocá-las depois. Pense bem…

O professor então pegou outro recipiente, outras pedras grandes, outras pedrinhas, outro saco de areia e outro jarro da água. O professor começou colocando a água, depois a areia, após as pedrinhas pequenas, mas quando foi colocar as pedras grandes, estas já não cabiam no recipiente.

E quais são as pedras grandes em nossa vida? São Deus, os nossos filhos, a pessoa amada, os amigos, os nossos sonhos, a nossa saúde. O resto, é resto, e encontrará o seu lugar.

2 comentários em “As pedras grandes na vida”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s