O Cético e o Crédulo…

Image

 

No ventre de uma mulher grávida estavam dois bebês.
O primeiro pergunta ao outro:

– Você acredita na vida após o nascimento?

– Certamente. Algo tem de haver após o nascimento. Talvez estejamos aqui principalmente porque nós precisamos nos preparar para o que seremos mais tarde.

– Bobagem, não há vida após o nascimento. Como verdadeiramente seria essa vida?

– Eu não sei exatamente, mas certamente haverá mais luz do que aqui. Talvez caminhemos com nossos próprios pés e comeremos com a boca.

– Isso é um absurdo! Caminhar é impossível. E comer com a boca? É totalmente ridículo! O cordão umbilical nos alimenta. Eu digo somente uma coisa: A vida após o nascimento está excluída – o cordão umbilical é muito curto.

– Na verdade, certamente há algo. Talvez seja apenas um pouco diferente do que estamos habituados a ter aqui.

– Mas ninguém nunca voltou de lá, depois do nascimento. O parto apenas encerra a vida. E, afinal de contas, a vida é nada mais do que a angústia prolongada na escuridão.

– Bem, eu não sei exatamente como será depois do nascimento, mas com certeza veremos a mamãe e ela cuidará de nós.

– Mamãe? Você acredita na mamãe? E onde ela supostamente está?

– Onde? Em tudo à nossa volta! Nela e através dela nós vivemos. Sem ela tudo isso não existiria.

– Eu não acredito! Eu nunca vi nenhuma mamãe, por isso é claro que não existe nenhuma.

– Bem, mas, às vezes, quando estamos em silêncio, você pode ouvi-la cantando ou sente como ela afaga nosso mundo. Saiba, eu penso que só então a vida real nos espera e agora apenas estamos nos preparando para ela…

PENSE NISSO…..

Não sei de quem é esse texto

E nunca havia pensado dessa maneira. Adorei a forma utilizada para esclarecer uma dúvida que atormenta a maioria da humanidade.

Como achar que não exista vida após o nascimento??? Esta questão é a mesma de não acreditar em vida após a morte!!!

Como achar que não existe mãe ???  Como achar que não existe DEUS ???

pense…

11 comentários sobre “O Cético e o Crédulo…

  1. Fantástático….Maravilhoso amigo.
    Simplesmente ameiiiiiiiii..
    Gosto de t ler no Blog.
    Um abraço…..Deus t abençoe.

    Curtir

  2. Cético não significa, necessariamante, ser ateu. Na imaginação do autor, realmente fetos poderiam até ser ateus, pois ninguém sabe se pensam ou não ainda antes de nascerem. Mas todo esse apo “fetal” me lembra que o importante é conhecer Deus, que eles, como fetos, ainda chamam de “mãe”. Com o tempo, esse conhecimento certamente virá e saberão que são felizes por terem mãe, pai e Deus.

    Curtir

  3. excelente.Que simplicidade para demonstrar que a sabedoria humana e tão limitada.Assim e mais facil acreditar em Cristo:Sou o caminho,verdade e vida.Obrigado pela mensagem.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s